Arquivo da tag: Lider

Desafios do momento

Creio que quando esse cara fala, é melhor deixar as palavras assentarem.

The dogmas of the quiet past are inadequate to the stormy present. The occasion is pilled high with difficulty, and we must rise with the occasion. As our case is new, so we must think anew and act anew. We must disenthrall ourselves, and then we shall save our country. – Abraham Lincoln – 1862

Traduzindo:

“Os dogmas do passado tranquilo são inadequados ao presente tempestuoso. A ocasião amontoa-se alto em dificuldades, e nós devemos nos erguer à ocasião. Assim como temos uma nova situação, devemos então pensar com novidades e agir com novidades. Nós devemos nos libertar de nós mesmos, para então salvarmos nosso país” – Abraham Lincoln – 1862

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

What went wrong?

Será que às vezes o rebanho é mais esperto que o dono?

O fato mais importante da semana, debaixo das tags de Gestão, Ética, Mundo Empresarial, Liderança, Competências (entre outras), é sem dúvida o rombo do Pan Americano. Uma das frases que chamou minha atenção foi bem reveladora da postura que Silvio Santos tinha com relação à área financeiro de seu grupo. Reclamava o homem do baú, que dava ao SBT 100% do seu tempo e nada para o banco. Ao final do ano passado, a rede de televisão havia dado um ligeiro prejuízo, mas em compensação o banco engordava o caixa com mais de 100 milhões de reais de lucro!

 

 

Hoje com a descoberta do rombo, vem logo à mente dos apressados de que “os olhos do dono engordam os porcos”. Ou seja que aparentemente, diante das notícias ainda frescas e um tanto quanto superficiais, o problema residia em não se ter por parte de Silvio Santos, uma liderança mais aguerrida e envolvente. E possívelmente que tudo seria evitado se ele distribuisse melhor o seu tempo. Poderia continuar brincando de apresentador aos domingos, mas deveria semanalmente olhar como as coisas caminhavam no banco.

Não creio nisso. É bem provável que através de sua Holding e de seu braço direito (Luiz Sandoval), Silvio Santos acompanhasse o desempenho do braço financeiro. O provérbio até pode ter lições eternas, mas nos dias de hoje a demanda da liderança e da gestão de negócios vai além de acompanhamento. O jogo complexo exige escolhas certas de quem vai estar no comando – tanto na base da ética como na base da competência.

Sinceramente não creio que o problema tenha desdobramento além dos quartéis do banco. O empresário Senor Abravanel, mesmo que goste de Las Vegas, não faria uma aposta tão arriscada aos 80 anos de idade. O que deu errado então?

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized